fbpx
Você está lendo

SERRAPILHEIRA, O TESOURO BEM GUARDADO DAS FLORESTAS

0
Nature

SERRAPILHEIRA, O TESOURO BEM GUARDADO DAS FLORESTAS

serrapilheira---destaque

SERRAPILHEIRA, O TESOURO BEM GUARDADO DAS FLORESTAS

Uma floresta tropical, quando em perfeito equilíbrio biológico, forma um ciclo de autossuficiência onde tudo é transformado e reutilizado.

Tomando como exemplo nossa maior floresta tropical, a Amazônia, as árvores gigantescas que ali prosperam por décadas produzem para si um estoque de alimento continuamente abastecido!

Este “estoque” nada mais é do que toda a “matéria orgânica” depositada acima do solo; são todas as folhas secas, frutos, fezes de animais, galhos, cascas de árvore, sementes…

Toda essa “massa orgânica” natural chama-se serrapilheira, termo comumente utilizado por cientistas, biólogos, ecólogos e estudiosos da área.

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (8)
Folhas secas, galhos, frutos e outras matérias orgânicas se depositam no chão do solo formando a serrapilheira

A quantidade de serrapilheira que pode ser produzida em determinado local dependerá diretamente do tipo de vegetação e clima, ou seja, florestas tropicais com grandes quantidades de árvores e animais, somados a altos índices de chuva e temperaturas altas produzem maior volume de serrapilheira.

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (6)
Uma serrapilheira de flores; todo o material orgânico proveniente da flora e da fauna contribui para a formação desta cobertura

A importância dessa camada vegetal sobre o solo é enorme para todo o ecossistema do local, todos dependem diretamente desta matéria orgânica, inclusive a fauna.

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (12)
Todo o ecossistema da floresta se beneficia com a serrapilheira; esta minúscula perereca passa praticamente despercebida aos olhos de potenciais predadores graças ao incrível mimetismo com as folhas no solo

Tal sua importância, que a floresta Amazônica, com todo seu gigantismo, desenvolve-se vigorosamente em apenas uma fina camada de solo produtivo, formado pela decomposição de toda matéria vegetal caída no solo, a serrapilheira!

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (10)
A exuberância da Floresta Amazônica se dá, dentre outros fatores naturais, a enorme concentração de matéria orgânica depositada no solo ao longo do tempo, propiciando o ambiente perfeito para o desenvolvimento de árvores gigantescas e majestosas

Ou seja, contrariando a exuberância magnífica desta floresta, se retirarmos a  camada superficial do solo sobraria nada mais do que um solo seco e pobríssimo em nutrientes.

Solos expostos, no qual não se acumula serrapilheira e consequentemente sem formação de matéria orgânica, são extremamente suscetíveis à ação de erosões, tornam-se secos pela ação direta do sol e pobres em nutrientes, formando-se grandes “desertos”.

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (9)
Novas mudas de plantas brotam no ambiente úmido e rico em nutrientes da serrapilheira

Como já ensinava nosso grande paisagista Roberto Burle Marx, nossos jardins devem “imitar” a natureza, e neste ponto porque não adotar esta autossuficiência em reciclar a matéria vegetal para nosso quintal?

Deste modo, procure manter o solo sempre forrado com folhas secas, principalmente na época das chuvas, quando seu processo de decomposição é mais acelerado.

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (9)
O solo forrado com uma camada de matéria vegetal mantém sua umidade e aumenta os nutrientes necessários ao desenvolvimento das plantas

Nunca queime folhas e galhos secos ou os retire do solo por meio de um rastelo, mantenha-os formando sua serrapilheira; com o tempo vai perceber que o solo ficará mais escuro e úmido, e consequentemente as plantas desenvolverão melhor sem a necessidade de adubos químicos.

Serrapilheira, o tesouro bem guardado das florestas (7)
Jardins com espécies tropicais ficam mais exuberantes quando existe abundância de matéria orgânica no solo, o que auxilia também no aumento da umidade, primordial para este tipo de jardim

No caso de gramados, onde o acumulo de folhas pode matar a grama, realmente é necessário retirá-las; no entanto, junte todo o material em um local sombreado e úmido. Após sua decomposição completa retorne o insumo ao gramado na forma de terra vegetal.

Vamos falar melhor sobre a produção de matéria orgânica para seu jardim em um novo artigo específico, aguardem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos